Já não é a mesma hora,
nem a mesma gente,
nem nada igual.
Ser real é isto.

| Alberto Caeiro |

Anúncios